Editorial semanal

Minha fé tem dúvidas

Rev. Cristiano Zioli

Nessa semana, Carol e eu levamos nossos bebês ao Hospital para exames e consultas de rotina. Enquanto esperávamos um dos atendimentos, um bebê todo cheio de cabos e tubos passou por nós. Estava com o Daniel no colo. Ele ria. Porém, quando viu a cena, ficou sério e me olhou assustado. Outros olhos se encontraram comigo; os daquele bebê. Ali, continuei um diálogo com Deus, que até hoje não terminou.

A definição de fé em Hebreus 11:1 dá a impressão que não há espaço para dúvidas. Ledo engano! Ali fala de fatos que não se veem e de coisas que se esperam, não de resultados positivos ou de uma fórmula mágica que resolve todos os problemas. Fé não é amuleto, não é autoajuda, não é afirmar que tudo vai acabar bem quando, na verdade, sabemos que não vai. Fé é interdimensional! A certeza de que o autor fala, é da promessa do Messias, os fatos que não se veem falam da vinda Dele. Ou seja, da mesma forma como nossos irmãos do passado esperaram o Messias, que nós esperemos Seu retorno.

Nossa fé tem mais perguntas que respostas. Porém, dúvidas nos levam à busca. A busca nos traz convicção e novas perguntas, que nos levam a novas buscas. Prefiro uma fé que nos catapulta para a busca a tê-la com respostas prontas sem convicção. Fé não é para resolver problemas, é para passar por eles sem que a esperança, a doçura, o amor nos sejam roubados. Fé transforma muito mais meu interior do que meu exterior. Fé faz eu querer adorar a Deus mais que entende-Lo!

 
Pagina 7 de 368

Acesso Área Restrita

Você está aqui: Início Atividades Semanal Editorial