Editorial semanal

A presença consoladora do Espírito Santo

Revª. Priscila Kume

Infelizmente, no decorrer da nossa história podemos passar por momentos que fogem da nossa compreensão. Fatos inesperados e muitas vezes dolorosos podem assolar a nossa vida. Quem já não se questionou, ou já questionou a Deus com perguntas do tipo: Por que isso está acontecendo comigo? Por que Deus está deixando isso ocorrer na minha família?

Na maioria das vezes estas perguntas ficam sem resposta. O que nos causa ainda mais dor, até indignação. Na ânsia de querer acalmar o coração a mente humana tenta achar sentido para tudo, e respostas para todas as coisas. A narrativa bíblica que se encontra no evangelho de João capítulo 11, encontramos o momento em que Maria, está chorando a morte de seu irmão, Lázaro. O texto não relata, mas quem sabe em seu coração ela também houvesse perguntas inquietadoras e questionadoras a respeito da morte de irmão. O texto discorre o diálogo que Jesus tem com Maria, e em determinado momento ele diz a ela: Se creres verás a glória de Deus. Diante de momentos que fogem a nossa compressão, a fé que temos precisa ressurgir! Através da fé nem sempre encontramos as respostas que buscamos, mas aprendemos a descansar no agir soberano de Deus. Nem sempre compreenderemos os desígnios divinos, pois, nossa mente é limitada. Contudo, podemos desfrutar da presença consoladora de Jesus através da fé, que nos fortalece, nos ampara para prosseguirmos.

Não estamos sozinhos, nem desamparados, o nosso Deus está ao presente em todo tempo! As tristezas podem fazer as lágrimas rolarem no rosto, as dúvidas podem inquietar o coração, mas através da fé o Espírito Santo de Deus age nos dando a Paz que a alma necessita e transformando o lamento em dança! O texto de Salmos 94:19 é um alento neste sentido: Quando estou aflito e preocupado, tu me consolas e me alegras.

 
Pagina 6 de 402

Acesso Área Restrita

rss

Não foi especificada a URL da fonte de notícias.
Você está aqui: Início Atividades Semanal Editorial