Editorial semanal

O que você valoriza?

Revª. Priscila Kume

Desde o domingo passado, ao ouvir a mensagem proclamada na IPIC, ficou pulsando esta pergunta dentro de mim. E com esta pergunta, outra surgiu: por que só valorizamos algo quando perdemos? Veja, só cuidamos da saúde, quando ela está fragilizada na maioria das vezes, só cuidamos da alimentação, do corpo, quando adoecemos ou quando a situação está crítica demais. Só percebemos o valor dos pais quando estão sofrendo com doenças ou quando partem desta vida, só valorizamos a família quando estamos distantes dela, ou quando não existe mais. Sabemos que o tempo é precioso, mas não o administramos bem.

Nossa comunhão com Deus acontece a mesma coisa, temos consciência que a comunhão com Ele é importante, mas só o buscamos quando estamos em estado de urgência. Uma inversão de valores, prioridades tem acontecido e nem percebemos, só nos damos conta, quando é tarde demais.

É necessário refletirmos nesta pergunta: O que você valoriza? E reavaliar o que realmente importa pra nós. E o que é valioso tem prioridade e não podemos perder. Pra que depois não nos arrependamos, pois, como diz o ditado popular: não adianta chorar pelo leite derramado.

Valorize sua vida, sua saúde, sua família, amigos, igreja, trabalho, cuide bem do que Deus tem te dado, pois, isso é honrar ao Senhor. E principalmente, valorize sua comunhão com Deus, isso deve ser vital pra você! Há um versículo que diz: “Buscai ao Senhor enquanto se pode achar, invocai-o enquanto está perto” Isaías 55:6.

 
Pagina 1 de 368

Acesso Área Restrita

Você está aqui: Início Atividades Semanal Editorial